Inovação na área da dança

Atualizado: Jul 9

Com mentalidade empreendedora, bailarina paulista lança curso e usa sua experiência para mostrar que viver de dança é possível


Logomarca da Vivendo de Dança (Imagem cedida por Ana Carvalho)

Durante a formação, em diversas áreas, é comum haver um direcionamento profissional, mas na dança isso não ocorre com frequência. Os bailarinos/dançarinos entram no mercado de trabalho sem saber o que encontrarão, qual caminho devem seguir, como se comportar. A fim de apresentar a vida profissional na dança a essas pessoas e auxiliá-las a se enquadrar no mercado de trabalho, a bailarina Ana Carvalho (35) criou a Vivendo de Dança.


A empresa iniciou as atividades em fevereiro de 2020 e conta com três produtos oferecidos de forma online: Um curso dividido em três módulos, cada um com mais ou menos dez aulas, ministrado pela própria Ana em parceria com mais três profissionais renomados do mercado, uma Mentoria Particular, em que Ana Carvalho dá um aconselhamento focado em cada caso e a Mentoria Express, que conta com um trabalho parecido com a Mentoria Particular porém feito em grupo.


Ana é graduada em Gestão de Eventos, estudou ballet clássico, jazz e teve contato com outras modalidades, dentre elas, hip hop, ritmos latinos, danças de salão, samba, dança afro e ballet contemporâneo. Fez cursos livres de consciência corporal feminina e marketing digital e autêntico, agora juntou tudo o que aprendeu em seus estudos e nos 16 anos como profissional da dança na Vivendo de Dança.


Os assuntos abordados no curso e nas mentorias da empresa são: Preparação para o mercado de trabalho, comportamento, potencial do mercado de viagens, potencial do mercado de eventos e shows, vida e possibilidade de trabalho na TV e ideais e entendimento da vivência em grupo, este último assunto considerado por Ana de extrema importância.


Ana Carvalho, bailarina, coreógrafa e idealizadora da Vivendo de Dança (Foto cedida por Ana)

Para a empreendedora, há a necessidade dos bailarinos/dançarinos se enxergarem como parte de um todo já que durante toda a carreira o trabalho é feito em grupo. “O mundo da dança precisa de menos estrelas e mais constelações e eu quero conectar essas constelações... trabalhar com dança é viver em grupo”, relata ela.


A bailarina aponta que há uma visão em nossa sociedade do mercado da dança como um local com alternativas limitadas de trabalho, mas isso não é real. “Eu quero levar para as pessoas as possibilidades de viver de dança, que são inúmeras, não é esse lugar de não oportunidade como foi criado numa crença limitante durante muito tempo”, diz Ana.


Ao ser questionada sobre o futuro da empresa, Ana Carvalho relata que pretende um dia lançar a Vivendo de Dança Institucional para auxiliar pessoas que sonham em ter a dança como profissão, mas encontram-se em situação financeira precária. “Existe um vislumbre em levar esse conhecimento de forma gratuita dentro de ONGs que tiram pessoas das ruas e dão uma esperança de futuro para essas pessoas.”, conta a bailarina.


O curso e as mentorias da Vivendo de Dança não são destinados apenas a quem está ingressando no mercado, mas também a aqueles que já são profissionais e estão insatisfeitos com o nicho de atuação escolhido neste mercado.


O primeiro curso já foi concluído, mas em breve abrirá vagas para a nova turma. Para saber mais sobre a Vivendo de Dança ou se inscrever no curso e nas mentorias, clique no link abaixo.







57 visualizações5 comentários

© 2020 by Bullcommerce.